Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Rússia está próxima de trocar dívida da ex-URSS

O Ministério das Finanças da Rússia deve anunciar em breve uma solução para o problema da dívida da extinta União Soviética. A Rússia deverá emitir algo entre US$ 2 bilhões e US$ 3 bilhões em bônus novos, a serem trocados por títulos "podres" da ex-URSS.Cerca de US$ 1 bilhão e US$ 2 bilhões em títulos deverão ser emitidos até o fim deste ano, para substituir os antigos Foreign Trade Obligations (FTOs), sobre os quais a URSS declarou moratória.A emissão inicial poderá ser seguida por uma segunda operação de troca de FTOs, entre abril e setembro de 2003, dependendo do tamanho da primeira trance.Nessa época também deverá acontecer a troca de cerca de US$ 700 milhões em dívidas do extinto Conselho de Cooperação Econômica Mútua (Comecon), que coordenava o comércio entre os países do bloco comunista.O chefe da equipe de pesquisa nmacroeconômica da UBS Warburg, Alex Garrard, disse que o aumento da oferta de títulos não deverá afetar os preços no caso da Rússia. "Os atuais portadores de FTOs provavelmente vão se sentir confortáveis em manter a exposição na Rússia com um perfil melhor", afirmou.

Agencia Estado,

12 de novembro de 2002 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • O Pix é seguro? Veja dicas de especialistas sobre o sistema de pagamentos
  • 13º salário: quem tem direito, datas e como a pandemia pode afetar o cálculo
  • Renda básica: o que é, quais os objetivos e efeitos e onde é aplicada

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.