Rússia levanta embargo à carne de 6 Estados brasileiros

A Rússia vai levantar hoje o seu embargo às importações de carne bovina e suína de seis Estados brasileiros que estão distantes dos locais que registraram casos de febre aftosa no Brasil, informou a agência de notícias russa Interfax. O chefe do Serviço de Controle Sanitário e Veterinário Federal da Rússia (Rosselkhoznadzor), Sergei Dankvert, informou a liberação das importações provenientes do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás. Esses Estados receberam certificados do ´International Epizzotic Bureau´ atestando de que estão livres da febre aftosa através do uso de vacinas.A Rússia baniu todas as importações de carne do Brasil no dia 20 de setembro do ano passado devido a temores com a aftosa. No dia 7 de fevereiro passado, as autoridades russas suspenderam o embargo as importações de frango e produtos derivados, com exceção dos Estados do Pará e Amazonas.O Brasil era o maior exportador de carne bovina e suína para a Rússia antes do embargo, de acordo com o Instituto de Marketing Agrário, da Rússia. A carne bovina brasileira tinha uma fatia das importações russas de 35% e a carne suína brasileira era responsável por 74% das compras russas. Em relação às importações russas de frango, o Brasil ocupava o segundo lugar, com 26%, após os Estados Unidos, com 60%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.