Rússia lidera lista de emergentes com maior potencial de rebaixamento, diz S&P

Segundo a agência de classificação de risco, os mercados emergentes devem ver mais 'mais rebaixamentos que elevações de rating no futuro'

Francine De Lorenzo, O Estado de S. Paulo

30 de outubro de 2014 | 15h33

A agência de classificação de Standard & Poor's (S&P) avalia que 23 das 54 economias com maior potencial de rebaixamento de rating são emergentes, lideradas pela Rússia. Em sua análise, a S&P considerou os países classificados como BBB-, com perspectiva negativa ou em observação para possível rebaixamento.

Entretanto, a agência destaca que três das 21 economias com potencial de avanço são emergentes. Neste caso, são considerados os países com nota de risco BB+ com perspectiva positiva ou em observação para possível elevação do rating.

"Isso sugere que os mercados emergentes podem ver mais rebaixamentos que elevações de rating no futuro", diz a diretora da S&P, Diane Vazza. 

Tudo o que sabemos sobre:
ratingS&P

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.