Rússia passará a ser membro da OMC a partir de 22 de agosto

Decisão encerra quase duas décadas de negociação para adesão dos russos às regras internacionais de comércio

Andréia Lago, da Agência Estado,

25 de julho de 2012 | 16h25

GENEBRA - A Rússia vai se tornar o 156º membro da Organização Mundial do Comércio (OMC) no próximo dia 22 de agosto, informou hoje a instituição, encerrando quase duas décadas de negociação para adesão dos russos às regras internacionais de comércio.

O anúncio segue-se ao recebimento pela OMC dos chamados instrumentos de ratificação enviados pela Rússia na última segunda-feira (23).

A documentação entrará em vigor 30 dias depois, de acordo com as regras da OMC, informou um porta-voz da instituição.

Desde a adesão da China à OMC, em 2011, a Rússia era a única grande economia que ainda não seguia as regras internacionais de comércio da instituição.

Apenas dois dias após a Rússia, em 24 de agosto, será a vez de Vanuatu se tornar o 157º membro da OMC, e até o fim deste ano a organização pretende incluir outros dois países, Laos e Iêmen. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
OMCRússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.