Rússia pede mais informações sobre foco de aftosa no Pará

O governo da Rússia solicitou ao Ministério da Agricultura do Brasil novas informações sobre o foco de febre aftosa registrado no município de Monte Alegre, no Pará. O documento solicitando informações adicionais foi entregue hoje à Embaixada do Brasil em Moscou. Os novos questionamentos serão remetidos agora para o Ministério da Agricultura brasileiro. As informações foram dadas pelo chefe do Setor Econômico da Embaixada do Brasil na Rússia, André Odembreit, em entrevista à Agência Estado. De acordo com ele, os russos solicitaram informações adicionais sobre o controle de transporte de animais no Pará e informações sobre o controle de propagação de agentes que transmitem a doença. "Não existe no documento nenhuma referência sobre data para o fim do embargo às carnes brasileiras", disse Odembreit, que está intermediando as negociações entre os Ministérios de Agricultura dos dois países.

Agencia Estado,

25 de junho de 2004 | 11h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.