coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Rússia pode emprestar dinheiro ao Egito, mas não grãos--sindicato

O governo russo pode emprestar dinheiro para o Egito, maior importador mundial de trigo, comprar seus grãos, mas não emprestaria produtos dos estoques governamentais ao Cairo, disse o chefe do sindicato de grãos da Rússia, Arkady Zlochevsky, nesta terça-feira.

Reuters

16 de abril de 2013 | 15h05

O presidente do Egito, Mohamed Mursi, vai buscar petróleo, gás e silos para armazenagem de grãos em sua visita à Rússia nesta semana, em uma tentativa de reviver a cooperação que floresceu entre os países na era soviética, disseram autoridades.

Os estoques estatais de grãos da Rússia são mantidos a fim de dar ao governo um meio de influenciar o mercado doméstico quando os preços mostram grandes oscilações, ou para suprir o mercado em caso de escassez.

"Um empréstimo dos estoques não é permitido no âmbito do mecanismo de intervenção estatal de grãos", disse Zlochevsky à Reuters. "De qualquer maneira, deve ser um empréstimo financeiro, o qual o Egito poderia usar para comprar grãos no mercado, e não dos estoques do Estado"

No ano passado, a Rússia foi atingida por uma seca que rapidamente esgotou seus estoques de mercado, mas o governo possui cerca de 2 milhões de toneladas de grãos, a maior parte trigo, em seus próprios estoques.

(Reportagem de Polina Devitt)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSRUSSIAEGITO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.