Rússia prevê recessão econômica em 2015

A Rússia advertiu que a sua economia vai entrar em recessão em 2015, afetada por saída de bilhões de dólares em fluxo de capital no país, em meio à queda dos preços do petróleo e sanções de países ocidentais.

Estadão Conteúdo

02 Dezembro 2014 | 09h29

O Ministério da Economia disse nesta terça-feira que prevê agora que o Produto Interno Bruto (PIB) recuará 0,8% em 2015, em comparação com as expectativas anteriores de recuperação do crescimento econômico para 1,2%, a partir de uma alta de cerca de 0,5% neste ano.

A contração do PIB no próximo ano será a primeira desde 2009. "Eu acho que a economia da Rússia é vulnerável a três tipos de crise - estruturais, conjunturais e geopolíticas", disse o vice-ministro da Economia, Alexei Vedev.

O Ministério da Economia disse que previa anteriormente algum alívio em termos de pressão externa sobre a economia russa em meados de 2015, mas agora acredita que as sanções do Ocidente ainda estarão em vigor até 2016.

O Ministério reduziu a previsão média do preço do petróleo em 2015 para US$ 80 por barril, de US$ 100 por barril. Essa revisão deverá manter uma taxa média do rublo em 2015 a 49 por dólar, em comparação à expectativa anterior de 37,7 por dólar. A taxa de rublo efetiva real deve se enfraquecer 13,5% no próximo ano.

"A avaliação básica é que a taxa de câmbio vai se estabilizar, pelo menos nos níveis atuais... Há um sentimento de que os preços do petróleo vão se recuperar para US$ 85 a US$ 95 por barril, em meados do próximo ano", disse Vedev.

O Ministério da Economia elevou a avaliação de 2014 de saída líquida de capital para US$ 125 bilhões, de US$ 100 bilhões, e de 2015 para US$ 90 bilhões, de US$ 50 bilhões. O investimento de capital é visto agora em uma contração de 3,5% no próximo ano, contra uma previsão anterior de crescimento de 2%. O ministério também reduziu as previsões para a riqueza das famílias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.