Sabesp assina contrato de PPP com consórcio

Foi assinado hoje o contrato de Parceria Público-Privada (PPP) do Alto Tietê pela Companhia de Saneamento Básico de São Paulo (Sabesp) e pelo consórcio Águas de São Paulo, formado pela Companhia Águas do Brasil (CAB Ambiental) e pela Galvão Engenharia. Com as obras da PPP, a oferta de água do Sistema Produtor Alto Tietê para a região metropolitana de São Paulo passará de 10 metros cúbicos por segundo para 15 metros cúbicos por segundo.O nome do consórcio vencedor foi publicado na terça-feira da semana passada no Diário Oficial. A PPP do Alto Tietê poderia ter sido assinada no dia seguinte, o que não ocorreu devido a liminar obtida em um agravo movido pelas empresas OAS e Queiroz Galvão, que ficaram na segunda colocação na disputa.A secretária de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo, Dilma Pena, que participa da assinatura do contrato, afirmou hoje que a PPP do Alto Tietê possibilitará que a iniciativa privada realize as obras para ampliar a oferta de água para a região metropolitana na metade do tempo do que a Sabesp faria.

CHIARA QUINTÃO, Agencia Estado

18 de junho de 2008 | 16h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.