Sabesp não atinge meta de renovação de contratos

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) vai assinar hoje convênios de cooperação e contratos de programa com 39 municípios, fechando o ano com a renovação de 107 contratos. Ao longo do ano, a companhia divulgou a estimativa de renovar 174 contratos vencidos ou vincendos em 2007. "Aritmeticamente não alcançamos a meta, mas qualitativamente a superamos", disse o presidente da Sabesp, Gesner Oliveira.Em 2007, a Sabesp tinha 144 contratos de prestação de serviços vencidos e 30 vincendos. "As renovações dependem de aprovações nas Câmaras Municipais. Já temos algumas dezenas de contratos na agulha para serem assinados", contou o presidente da Sabesp. A companhia atua em 367 municípios.Para 2008, a Sabesp espera renovar cerca de 50 contratos e fechar o ano com a negociação de mais 37. "O importante não é a questão aritmética. O processo de renovação estava parado, mas o ano de 2007 marcou o rompimento dessa inércia", acrescentou.Oliveira destacou convênios firmados pela companhia com os municípios de São Paulo e de São José dos Campos. Durante a divulgação dos resultados da empresa, em novembro, ele comentou que o convênio firmado com São Paulo contribuiria para reduzir riscos e incertezas na prestação de serviços para o município. Até então, não havia contrato assinado entre a Sabesp e a Prefeitura de São Paulo.Este mês, a Sabesp assinou protocolo de entendimentos com o município de São José dos Campos. "Foram estabelecidos os investimentos prioritários, a participação de 5% da Prefeitura na receita líquida da Sabesp no município e a transferência de ações da companhia para São José no valor de R$ 149 milhões", contou Oliveira. Os termos da renovação foram acertados, mas o contrato com o município de São José dos Campos ainda não foi renovado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.