Sacoleiros fazem manifestação na Ponte da Amizade

Sacoleiros voltaram a fazer manifestações na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, na manhã de hoje, em razão do rigor imposto pela Polícia Rodoviária Federal e pela Receita Federal na fiscalização de ônibus e automóveis que deixam o Paraguai com compras. A operação integrada para combater contrabando, roubo e tráfico de drogas começou no início da semana. Esta foi a terceira vez que os sacoleiros fizeram manifestação nesse período.Segundo a Polícia Rodoviária Federal, não houve confronto como nas duas vezes anteriores. Os manifestantes colocaram pneus em chamas em duas pistas da BR-277, em direção ao Paraguai. O tráfego ficou interrompido por aproximadamente quatro horas. Na ponte, os sacoleiros ainda incendiaram uma guarita utilizada pela Polícia Federal para fazer a fiscalização. Três manifestantes foram presos, acusados de danos ao patrimônio público. Segundo a Polícia Rodoviária, não houve necessidade de os policiais entrarem em ação para dispersar os manifestantes e retomar o movimento normal na rodovia.

Agencia Estado,

14 de novembro de 2003 | 17h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.