coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Sadia descarta diversificação em resposta à Perdigão

O presidente do Conselho de Administração da Sadia, Walter Fontana Filho, reforçou a estratégia da companhia focada no desenvolvimento da plataforma existente e na internacionalização. Isso apesar de sua maior concorrente, a Perdigão, ter partido para a consolidação do mercado e para a diversificação dos seus negócios."Para algumas empresas, a diversificação é uma estratégia, mas para nós não. Isso não significa que a Sadia não tem o foco na inovação e no crescimento do seu faturamento. Queremos crescer com competitividade e não apenas comprar faturamento por comprar. Qualquer investimento tem que estar a serviço do nosso plano", justificou o executivo, que participou de reunião com analistas sobre os resultados da Sadia no terceiro trimestre de 2007.O executivo admitiu, apesar de não conhecer todos os detalhes da operação, que a possível fusão com a Eleva faz todo o sentido para a Perdigão, já que mais de 50% do faturamento da Eleva vem da área de lácteos - atividade na qual a Perdigão pretende crescer. Ainda assim, Fontana Filho disse que a Sadia tem um plano de investimentos bastante vigoroso e que o setor de lácteos não é uma área que interessa. "Na próxima divulgação de resultado, revelaremos uma visão de longo prazo em termos de crescimento da companhia", comentou o executivo.Até dezembro de 2008, a estratégia da Sadia é investir R$ 2 bilhões, sendo R$ 720 milhões em industrializados, R$ 640 milhões na construção da nova unidade agroindustrial em Lucas do Rio Verde (MT), R$ 130 milhões em bovinos e R$ 510 milhões em outros projetos, como a implantação da primeira unidade no exterior, localizada na Rússia - além desse empreendimento, a companhia tem planos para mais duas instalações fora do Brasil, em locais não revelados e que consumirão outros R$ 200 milhões, além dos R$ 2 bilhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.