Safra agrícola mundial vai cair em 2009, diz FAO

Segundo o órgão da ONU, produção global foi recorde este ano

Jamil Chade, GENEBRA, O Estadao de S.Paulo

19 de dezembro de 2008 | 00h00

Depois de uma produção recorde em 2008, a crise mundial deve fazer com que as safras de trigo na Europa e Estados Unidos sejam reduzidas em 2009 e deve afetar até mesmo a produção de milho da Argentina. Os dados são da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), que aponta que, em 2008, o mundo registrou uma produção recorde de cereais. No Brasil, a produção de trigo será a maior em quatro anos. Mas 963 milhões de pessoas no mundo continuam mal nutridas e o número de famintos aumentou em 100 milhões neste ano.Em 2008, grande parte do aumento de produção veio dos países ricos. O resultado da safra recorde foi uma queda relativa nos preços. Nas duas primeiras semanas de dezembro, o preço do trigo estava 40% abaixo do que foi registrado em dezembro de 2007. Mas o preço do arroz continuou 54% acima da média do ano passado. No Brasil, a alta do preço do arroz foi de 45% em 2008.O preço do arroz ficou entre 30% e 60% acima da média de 2007 ainda na Bolívia, Colômbia e Peru. Na América do Sul, a média de elevação do preço do pão foi de 25%. No geral, portanto, os preços de alimentos continuaram relativamente altos e afetando os mais pobres. No total, 33 países ainda vivem uma situação crítica em relação à fome.A produção recorde do mundo, portanto, simplesmente não chegou aos mais necessitados e, em 2009, a crise deve ser ainda pior. Isso porque a crise financeira internacional e a queda no consumo nos países ricos devem afetar a produção nesses países em 2009. A safra de trigo na Europa e nos Estados Unidos devem ser menores. A safra de inverno americana, por exemplo, é responsável por 80% da produção de trigo do maior exportador do mundo. Mas, em 2009, a área plantada deve ser reduzida em 3% a 4%. Na Europa, a produção será reduzida em 2%, mesmo com incentivos dados pela UE. Outros grandes produtores, como Rússia e Ucrânia, também terão uma queda da área plantada de trigo em 2009. Na América do Sul, a safra de 2008 ainda está sendo colhida. Mas a seca que atingiu a Argentina não conseguirá ser compensada pela boa perspectiva de produção do Brasil. No total, a região produzirá menos cereais que em 2007.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.