Safra de grãos em 2008 pode ser recorde, dizem IBGE e Conab

Instituições estimam que produção pode ultrapassar 139 milhões de toneladas; clima contribui para crescimento

Jacqueline Farid, Agencia Estado

06 de março de 2008 | 09h20

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quinta-feira, 6, uma estimativa de safra de 2008 de 139,6 milhões de toneladas. A projeção, relativa ao mês de fevereiro, é 2,3% maior do que a estimativa anterior (de janeiro, 136,5 milhões de toneladas) e 5,1% acima da produção obtida em 2007 (132,9 milhões de toneladas). Já os dados divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam que a produção será de 139,3 milhões de toneladas na safra 2007/08, um crescimento de 5,8% na comparação com a safra anterior.   De acordo com a Conab, as boas condições climáticas, com melhor distribuição das chuvas em todas as regiões, estão consolidando a atual safra de grãos como a maior da história do País. A estimativa da Conab mostra um incremento de 2,2% na produção na comparação com a previsão divulgada em fevereiro.   A diferença entre as estimativas da Conab é de 2,9 milhões de toneladas e foi determinada, principalmente, pela produtividade da soja e pelo crescimento da área do milho na 2ª safra (de inverno). A colheita, nesta fase inicial, está em pleno andamento, sem registro de perdas significativas, avaliam técnicos da estatal.   O plantio total, segundo a Conab, ocupa uma área de 46,7 milhões de hectares, 1,2% maior que o período 2006/07. O principal aumento está nas lavouras de soja, com 1,6% a mais, de 20,7 para 21 milhões de hectares.   As principais mudanças na estimativa de safra 2008 do IBGE de fevereiro, em relação à projeção de janeiro, ocorreram nas culturas de algodão herbáceo em caroço (-6,9% de uma estimativa para outra); amendoim em casca 1ª safra (19,3%); café em grão (6,6%); feijão em grão 1ª safra (-7,8%); feijão em grão 2ª safra (13,6%); milho em grão 2ª safra (12,3%) e soja em grão (2,3%).   As duas instituições buscarão harmonizar gradualmente as expectativas de safra.   Texto atualizado às 11h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.