Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Safra de grãos pode bater recorde em 2010, afirma Conab

Produção pode chegar a 141,6 mi de toneladas devido às melhores condições climáticas, diz levantamento

Célia Froufe, da Agência Estado,

07 de outubro de 2009 | 09h29

O primeiro levantamento de intenção de plantio para a safra 2009/10, divulgado nesta quarta-feira, 7, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), prevê uma produção entre 139,1 milhões de toneladas e 141,6 milhões de toneladas de grãos. "Nossa expectativa é que não tenhamos tantos problemas climáticos como no ano passado. Isso ajuda o Brasil a se aproximar do recorde de 144,1 milhões de toneladas", comparou, por meio de nota à imprensa, o presidente da Conab, Wagner Rossi.

 

Veja também:

linkColheita nos Estados Unidos faz cair preço da soja

 

O aumento da produção, de acordo com a Conab, se deve à recuperação da produtividade, considerando que, na safra anterior, a estiagem nos principais Estados causou perdas, principalmente às culturas de milho e soja.

 

A expectativa é a de que, caso as condições climáticas sejam favoráveis durante todo o ciclo das culturas, o incremento fique entre 2,9% e 4,8%, comparativamente à safra colhida em 2008/09, que foi de 135,2 milhões de toneladas, a segunda melhor da história.

 

Em relação à área plantada, a Conab projeta praticamente uma estabilidade, já que os números para o período estão entre 47,35 milhões de hectares e 48,06 milhões de hectares. Considerando os intervalos, esse resultado representa desde um crescimento de 0,7% (348,9 mil hectares), a uma redução de 0,7% (354,9 mil hectares) no intervalo inferior, na comparação com a safra 2008/09, quando foram cultivados 47,71 milhões de hectares.

 

IBGE revisa safra de 2009

 

O prognóstico de setembro do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para a safra 2009 aponta uma produção total de cereais, leguminosas e oleaginosas de 134,1 milhões de toneladas, projeção 0,5% maior do que a divulgada em agosto (133,5 mi de t). O instituto só apresentará a primeira previsão para a safra 2010 no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) relativo a outubro, a ser divulgado no mês que vem. Se confirmado o prognóstico divulgado nesta quarta, a safra deste ano será 8,1% menor que a safra recorde de 2008 (146,0 milhões de toneladas).

 

Segundo comentam os técnicos do IBGE no documento de divulgação da pesquisa, a elevação da projeção de safra de agosto para setembro "deve-se, especialmente, às reavaliações positivas ocorridas com o milho 2ª safra em Goiás, já que os cultivos de inverno, com destaque para o trigo, registram decréscimos".

 

De acordo com a pesquisa, a soja deverá registrar uma queda de produção de 5,1% em 2009 ante a safra anterior, enquanto no caso do milho o recuo será de 13,4%. O arroz, por outro lado, elevará a produção em 4,2%. Esses três produtos respondem, juntos, por 81,3% da área plantada da safra nacional.

 

A área a ser colhida este ano, de 47,2 milhões de hectares, será apenas 0,1% menor do que no ano passado. Ainda de acordo com o IBGE, a safra de grãos esperada para 2009 tem a seguinte distribuição regional e variação em relação ao ano anterior: Região Sul, 53,0 milhões de toneladas (-13,6%); Centro-Oeste, 48,8 milhões de toneladas (-4,0%); Sudeste, 16,9 milhões de toneladas (-3,9%); Nordeste, 11,7 milhões de toneladas (-6,4%) e Norte, 3,8 milhões de toneladas (+0,3%).

 

(com Jacqueline Farid, da Agência Estado)

Tudo o que sabemos sobre:
safra20102009grãosConabIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.