Safra de grãos pode ir a 200 milhões de t em 10 anos, prevê Rodrigues

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, afirmou que em 10 anos a produção agrícola do País pode alcançar 200 milhões de toneladas. "Eu aposto que a produção pode chegar a esse total com facilidade", disse o ministro aos prefeitos que participam da 7ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. Ele ressaltou que estudos da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgados no ano passado sugerem que o Brasil em 12 anos será o maior produtor agrícola mundial. Para o ministro, a estimativa da ONU pode ser considerada factível porque, se considerada a produtividade atual das lavouras brasileiras, e adicionando uma porção de área agricultável, a produção agrícola pode chegar a 290 milhões no período. Segundo o ministro, a produção em 12 anos pode saltar dos atuais 130 milhões de toneladas para 190 milhões de t. Ele salientou que de 1990 a 2004 a área plantada com grãos no País cresceu 24% (cerca de 1,7% ao ano). Em igual período, a produção física cresceu 126%, ou cerca de 9% ao ano. Segundo Rodrigues, o crescimento é resultado do incremento da aplicação de tecnologias. Ele observou, no entanto, que o crescimento da produção agrícola deve vir acompanhado de negociações para a abertura de novos mercados e do investimento em logística. Sem esses fatores, disse Rodrigues, o Brasil corre o risco de perder o crescimento espetacular da produção.

Agencia Estado,

18 Março 2004 | 12h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.