Safra de soja deve ficar abaixo de 52 milhões de t

A nova estimativa do governo para a safra 2003/04 de grãos, que será divulgada hoje, às 14h30, pelo ministro Roberto Rodrigues, deve ser "assustadora" no que se refere à soja, carro-chefe da produção nacional. Comenta-se que a previsão do governo indicará que os produtores, por conta da ferrugem asiática e de problemas climáticos, colherão menos soja do que no ano passado. Na safra 2002/03, a produção de soja foi prevista em 52,032 milhões de toneladas. Em fevereiro, quando o governo divulgou sua última previsão, a expectativa era de colheita de 57,666 milhões de toneladas de soja na safra 2003/04. Ou seja, na divulgação de hoje, o governo poderá cortar a previsão em cerca de 5,6 milhões de toneladas, queda expressiva. No primeiro levantamento para a safra 2003/04, divulgado em outubro, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou produção de soja no intervalo de 56 a 58 milhões de toneladas. Em dezembro, ainda sem os efeitos climáticos e da ferrugem, a previsão era de colheita de 58,7 milhões de toneladas. Na terceira estimativa, houve redução na expectativa. Os números oficiais serão divulgados em Brasília, por Rodrigues.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.