Safra deve ser recorde; 13% da soja será transgênica

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, anunciou nesta quinta-feira que a produção agrícola no ano safra 2003/04 baterá outro recorde histórico e ficará entre 124,417 milhões de toneladas e 127,741 milhões de toneladas. Na última safra, a produção de grãos foi de 122,575 milhões de toneladas, um volume também recorde. De acordo com o ministro, os agricultores plantarão entre 45,207 e 46,259 milhões de hectares, ou entre 2,97% a 5,31% a mais que a área plantada nesta safra, que somou 43,901 milhões de hectares.A soja continuará sendo a estrela da safra brasileira e vai responder por cerca de 45% dos grãos colhidos. Rodrigues anunciou uma safra recorde de soja de 58,021 milhões de toneladas. Na safra 2002/03 colheu-se 52,032 milhões de toneladas do grão. O governo estima que os produtores plantarão entre 20,053 e 20,734 milhões de hectares com soja, quando na safra 2002/03 o plantio foi de 18,479 milhões de hectares. Do total de safra de soja a ser colhida 13% são transgênicos, disse Rodrigues.O ministro também destacou que a produção de milho na safra de verão deverá ser menor que a do ano passado e ficará entre 30,996 e 31,968 milhões de toneladas. No ano passado os produtores colheram 34,771 milhões de toneladas. Mesmo assim, Rodrigues garante que o abastecimento está garantido em 2004. Apesar dos dados favoráveis, Rodrigues lembrou que as previsões climáticas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) não são tão favoráveis na comparação com 2002. Em novembro, deve haver aumento de temperatura e menos chuva no Nordeste e no Sul, informou. Em dezembro, choverá mais no Sul, mas o clima no Nordeste deve ficar pior do que em novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.