SAIBA MAIS-Governo define desoneração para softwares e TI

Veja abaixo medidas anunciadaspelo governo nesta segunda-feira para softwares e serviços deTecnologia da Informação, que fazem parte da Política deDesenvolvimento Produtivo. -- Redução da contribuição patronal para a seguridadesocial sobre a folha de pagamento para até 10 por cento e dacontribuição para o Sistema S para até zero, de acordo com aparticipação das exportações no faturamento da empresas;-- Dedução em dobro, para determinação da base do cálculo doImposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquidodas despesas com programas acelerados de capacitação depessoal; -- Permissão para que as empresas de informática eautomação possam deduzir da base de cálculo do IR e da CSLL osdispêndios relativos a pesquisa e desenvolvimento multiplicadospor um fator de até 1,8; -- Novo Prosoft: 1 bilhão de reais entre 2007 e 2010. (Por Denise Luna)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.