Saiba mais sobre conta investimento

A conta investimento é um serviço oferecido por algumas instituições financeiras que guarda certas semelhanças com a conta corrente tradicional, dentre elas a facilidade de relacionamento com o banco - pessoalmente, por telefone ou via Internet. Porém, o dono de uma conta deste tipo não precisa ser correntista do banco e, muitas vezes, não lhe é exigida comprovação de renda. O dinheiro depositado na conta será aplicado em fundos de investimentos.A aplicação mínima para se abrir uma conta investimento no Citibank, por exemplo, é de R$ 2.500,00. Segundo a diretora de produtos de investimentos do Citibank, Rosaline Marinho Nunes, há diferentes taxas que incidem sobre os fundos dependendo da quantia aplicada e da característica do investimento. Um fundo balanceado como o Multi-renda, por exemplo, tem uma taxa de administração de 3%. "Para ter uma boa conta investimento, assim como em qualquer aplicação, é recomendado detectar quais são os objetivos, como é seu perfil e se essas variáveis combinam com o fundo em que se está aplicando", diz Nunes.O Boston Invest, do Bank Boston, é um projeto voltado para investidores pessoa física. Ele inclui uma conta investimento que dá acesso aos produtos de investimentos, a cartões de crédito e à rede 24 horas. A aplicação mínima exigida é de R$ 5.000,00. Segundo o diretor do Boston Invest, Erick Luiz, com este tipo de conta o cliente conversa com especialistas que analisam qual é o portfólio mais adequado a ele.Lojas de investimentos "Estruturamos lojas de investimentos em São José dos Campos e Maceió em que há uma oferta diversificada de produtos de investimento, como fundos mútuos, CDB-DI, poupança, crédito vinculado ao investimento, seguro de vida e cartões de crédito e de débito. Além disso, o cliente poderá buscar aconselhamento através de web conferences interativas com os consultores de investimento do banco", explica Luiz.No caso do Bank Boston, para aplicações acima de R$ 15.000,00 a pessoa está isenta de qualquer tarifa, mas não das taxas de administração dos fundos, que mudam de acordo com o tipo de investimento e com a quantia depositada. As taxas variam de 0,5% a 4%. Quem deposita um valor entre R$ 5.000,00 e R$ 15.000,00 tem dois meses de isenção de tarifa. Se, após esse tempo, a quantia aplicada não chegar a R$ 15.000,00, haverá cobrança de uma tarifa mensal de R$ 20,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.