Saiba mais sobre títulos de capitalização

O título de capitalização é um produto vendido pelas instituições financeiras que é uma mistura de poupança com sorteios. É um título que rende juros, mas está longe de ser uma aplicação recomendada por sua remuneração. O preço pago para se ter direito ao sorteio é bastante alto. A quantia paga mensalmente por um título de capitalização é dividida em três partes: a parcela de capitalização (dinheiro que vai ser devolvido com o adicional proporcional de juros), a parte que corresponde ao sorteio e a parte referente aos custos administrativos da instituição financeira.O porcentual referente à parcela de capitalização, também chamado de reserva matemática, varia de banco para banco e deve estar especificado em contrato. A Superintendência de Seguros Privados (Susep) exige que o mínimo destinado à capitalização seja de 50%. O investimento de fato é apenas esta parcela que vai para a capitalização.As outras duas parcelas, correspondentes ao sorteio e à administração, não podem superar 25% do valor pago, cada uma. Vale notar que uma taxa de administração de 25% do que é investido é um valor muito alto, que acaba prejudicando a rentabilidade da aplicação.Mais informações sobre os títulos de capitalização e outras aplicações de renda fixa podem ser encontradas nos links abaixo.

Agencia Estado,

05 de dezembro de 2000 | 12h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.