Saída da Grécia do euro não é opção e seria um desastre--premiê

A Grécia deixar a zona do euro não é uma opção seria um desastre, afirmou nesta sexta-feira o primeiro-ministro do país, Antonis Samaras, em reunião dos líderes dos Democratas-Cristãos em Roma.

Reuters

21 de setembro de 2012 | 12h43

"Uma saída da zona do euro não é uma opção para a Grécia, é um pesadelo. Para nós, isso não é uma opção, é um desastre total", disse Samaras.

"E não será fácil para o restante dos nossos parceiros, porque uma vez que um país está fora da zona do euro, os especuladores vão começar a bater no próximo elo mais fraco, e então no próximo."

Ele disse ainda que o país tem todos os recursos necessários para se recuperar da crise financeira.

(Reportagem de Catherine Hornby)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGRECIADESASTRE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.