Saída de estrangeiros da Bovespa bate recorde em julho

Investimentos tiveram saída líquida de R$ 7,6 bi no mês; saldo acumulado em dois meses é de mais de R$ 15 bi

Reuters,

05 de agosto de 2008 | 10h54

A Bolsa de Valores de São Paulo fechou julho com saída líquida recorde de R$ 7,6 bilhões de investimentos estrangeiros no mercado à vista. Foi o segundo mês seguido em que as vendas de ações realizadas pelos chamados não-residentes na Bovespa superaram fortemente as compras. Em junho, recorde anterior, a saída líquida atingira R$ 7,415 bilhões.  Assim, em apenas dois meses, o saldo negativo no setor já ultrapassa R$ 15 bilhões. Nesse período, o Ibovespa acumulou desvalorização de 18%.  Com isso, os resgates feitos por estes investidores chegaram à cifra de R$ 14,3 bilhões no acumulado em 2008. É mais que o triplo dos resgates feitos durante todo o ano passado, de R$ 4,2 bilhões.  Em julho, os estrangeiros mantiveram-se como a principal classe de investidores na Bovespa, respondendo por 35,3% dos R$ 116 bilhões movimentados no mercado à vista.  O giro total, considerando negócios com opções e a termo, totalizou R$ 124,2 bilhões, o que representa uma queda de 6,3% em relação aos R$ 132,5 bilhões em junho.  

Tudo o que sabemos sobre:
BovespaEstrangeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.