Saída de Lessa acontece sem denúncia de desvio de dinheiro

Em pronunciamento que fez no final da tarde de hoje no plenário do Senado, o líder do governo no Senado, Aloízio Mercadante (PT-SP), afirmou que o economista Carlos Lessa sai da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sem que houvesse qualquer desvio de dinheiro público. "Ele se afasta do BNDES mas não há nenhuma denúncia de desvio de dinheiro; ele se afasta do BNDES deixando o banco com lucro expressivo", disse o senador. Mercadante ressaltou que Lessa encontrou o BNDES "vulnerabilizado" e destacou a característica do economista como um polemista. "Tenho certeza de que o presidente vai amadurecer sua decisão e buscar uma equipe com coesão e manterá a essência do trabalho de Lessa no BNDES", disse ele. Leia mais: Lessa é demitido do BNDES; Mantega assumirá Lessa não é encontrado para comentar demissão Lessa se define com um "neonacionalista" CUT lamenta saída de Lessa Lessa conversou com Lula; vice do BNDEs também sai

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.