Salário segue pontuação

Empresas que usam o sistema de definição de cargos e salários da consultoria Hay Group usam um sistema de pontos para definir remunerações. Todo o cargo recebe um valor padrão: uma gerência, por exemplo, pode valer 1.000 pontos. O método permite que a empresa "inflacione" a pontuação padrão em até 15% (que pode chegar, portanto, a 1.15o pontos). Já o peso dado a essa pontuação pode variar em até 50%, de 8 a 12. Na prática, um profissional experiente pode ganhar até 72,5% a mais do que um iniciante no mesmo cargo. O candidato júnior pode receber 1.000 pontos e peso 8 (salário de R$ 8 mil). O sênior pode ter 1.150 pontos, com peso 12 (R$ 13,8 mil). A regra permite todo tipo de variações intermediárias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.