Salários nos EUA registram menor aumento desde 1996

Departamento de Trabalho dos Estados Unidos informou hoje que os salários de seus trabalhadores, assim como seus gastos, registraram em 2005 o menor aumento dos últimos nove anos. Segundo levantamento realizado pelo órgão, a renda dos trabalhadores subiu 3,1% em 2005 - resultado 0,6 ponto percentual inferior ao de 2004, quando o índice ficou em 3,7%. Esse foi o menor aumento anual desde os 2,9% de 1996.Esse retrocesso reflete uma grande queda em gastos como o seguro de saúde e contribuições previdenciárias, que aumentaram 4,5% no ano passado após subir 6,9% em 2004. Especialistas afirmam que os novos dados deveriam afastar os temores do Federal Reserve (Fed - o banco Central norte-americano) de que a melhora no mercado de trabalho se traduz em pressões sobre os salários.O aumento do ano passado é inferior ao da inflação. Quando se considera a inflação, o rendimento dos trabalhadores caiu 0,3%. Essa foi a primeira vez que se produziu uma queda desde 1996, quando a renda total ajustada pela inflação caiu um 0,4%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.