Saldo cambial fica positivo em US$ 2,8 bi em setembro

Balança comercial compensa a remessa de lucros das empresas e a retirada de recursos da Bovespa

Fernando Nakagawa, da Agência Estado,

08 Outubro 2008 | 14h09

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira, 8, que o fluxo cambial (entrada e saída de dólares do País) de setembro teve resultado positivo de US$ 2,803 bilhões, ocasionado por um saldo líquido positivo de US$ 6,990 bilhões do fluxo comercial e o resultado negativo de US$ 4,186 bilhões da conta financeira. Mesmo com o agravamento da crise, o saldo da balança comercial compensou a saída de dólares do País pela conta financeira, que engloba a remessa de lucro das empresas, a retirada de recursos da Bovespa e outras operações financeiras.   Segundo analistas, a principal razão para a alta do dólar nos últimos dias é a corrida de empresas para comprar a moeda e, assim, neutralizar posições vendidas no mercado futuro. A Sadia, por exemplo, anunciou recentemente prejuízo de R$ 760 milhões e a Aracruz, uma perda potencial de R$ 1,95 bilhão. O Banco Central (BC) interveio duas vezes no mercado, mas não conseguiu impedir o salto da cotação.   No mês passado, segundo o BC, as exportações totalizaram US$ 19,241 bilhões e as importações, US$ 12,251 bilhões. No financeiro, as compras atingiram US$ 30,113 bilhões e as vendas, US$ 34,299 bilhões. Em setembro de 2007, o fluxo cambial ficou negativo em US$ 3 milhões, fruto do saldo positivo US$ 1,980 bilhão da conta comercial e do saldo negativo de US$ 1,983 bilhão da conta financeira.   Na semana entre o dia 29 de setembro e 3 de outubro o saldo ficou positivo em US$ 567,96 milhões. O valor foi gerado pela contribuição positiva da balança comercial que trouxe US$ 1,879 bilhão, valor suficiente para cobrir a saída de US$ 1,311 bilhão da conta financeira. Segundo documento divulgado pelo BC, a semana teve exportações totais de US$ 3,977 bilhões e importações de US$ 2,098 bilhões. Na conta financeira, o ingresso somou US$ 6,808 bilhões e a saída totalizou US$ 8,119 bilhões.   No acumulado dos três primeiros dias de outubro de 2008, o fluxo cambial está positivo em US$ 514 milhões, fruto de ingresso de US$ 1,145 bilhão da conta comercial e da saída de US$ 631 milhões do segmento financeiro. Em igual período de outubro de 2007, o fluxo cambial estava positivo em US$ 1,109 bilhão, com ingresso de US$ 1,525 bilhão do segmento comercial e saída líquida de US$ 416 milhões da conta financeira.   No acumulado de janeiro a 3 de outubro, o fluxo cambial acumula ingresso líquido de US$ 17,702 bilhões, gerado pela entrada de US$ 44,416 bilhões do segmento comercial e saída de US$ 26,714 bilhões da conta financeira.

Mais conteúdo sobre:
BC fluxo cambial

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.