Saldo da balança cai 17%; importações continuam subindo

O saldo da balança comercial (exportações menos importações) da terceira semana de maio, que teve quatro dias úteis, foi superavitário em US$ 654 milhões. De acordo com dado divulgado nesta segunda-feira pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o montante foi 17,21% menor que os US$ 790 milhões da semana anterior, com cinco dias úteis.As exportações no período somaram US$ 1,910 bilhão, com média diária de US$ 477,5 milhões. As compras externas ficaram em US$ 1,256 bilhão, ou US$ 314 milhões por dia. Em relação a junho do ano passado, a média das exportações cresceu 13,5%, enquanto que a média das importações teve um crescimento maior: 23,9%. Em relação a maio passado, a média das exportações cresceu 12,7%. O crescimento da média das importações foi menor: 5,6%. No acumulado do ano, a média das exportações aumentou 12,5%, enquanto que a média das importações registrou um crescimento maior: 20,5%. Com o resultado, o saldo acumulado no mês subiu para US$ 1,965 bilhão. No ano, a balança tem superávit de US$ 17,429 bilhões. Apesar de positivo, o total é 2,6% inferior a acumulado no mesmo período do ano passado. Este texto foi atualizado às 11h19.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.