finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Saldo de captações da Caixa é de R$ 573,8 bi no 3.o tri

A Caixa informa que encerrou o terceiro trimestre com saldo de captações de R$ 573,8 bilhões. De acordo com informe da instituição, os depósitos e letras totalizaram R$ 421,4 bilhões, 22,9% acima de setembro de 2012, com captação líquida total de R$ 38,2 bilhões.

EQUIPE AE, Agencia Estado

21 de novembro de 2013 | 13h09

A poupança da Caixa teve saldo de R$ 199,8 bilhões, alta de 17,7% em 12 meses e 35,2% do mercado, segundo informe da Caixa. No mês de setembro eram 50,6 milhões de cadernetas de poupança. A captação líquida da poupança foi de R$ 16,5 bilhões em nove meses, evolução de 35,8% em relação ao mesmo período de 2012.

Os depósitos à vista somaram R$ 24,6 bilhões (a variação não foi informada) e a prazo chegaram a R$ 114,9 bilhões, alta de 25,0% ante setembro de 2012. Os recursos em CDB representavam 62,9% desse total, ou R$ 72,4 bilhões, o que representa aumento de 32,3% em 12 meses.

As Letras Imobiliárias e Financeiras apresentaram captação líquida de R$ 20,1 bilhões de janeiro a setembro de 2013 e saldo de R$ 67,8 bilhões, aumento de 70,9 % em 12 meses. As Letras de Crédito Agrícola, lançadas em novembro de 2012, tiveram saldo de R$ 1,6 bilhão.

O índice de Basileia encerrou o período em 17,0%, 4,4 pontos porcentuais acima de setembro de 2012, "o que demonstra que a Caixa está capitalizada e conta com níveis de liquidez e cobertura confortáveis para dar continuidade a expansão de sua carteira", diz a instituição em nota à imprensa.

No acumulado de janeiro a setembro o banco registrou 4,9 milhões de novos correntistas e poupadores, para uma base total de 70,1 milhões de clientes.

Tudo o que sabemos sobre:
Caixaresultadoscaptações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.