Samaras: Grécia garantiu presença na zona do euro com acordo sobre dívida

De acordo com primeiro-ministro grego, não serão necessárias mais medidas de austeridade ‘dolorosas’

Álvaro Campos, da Agência Estado,

27 de novembro de 2012 | 17h09

ATENAS - O primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, afirmou hoje que o país garantiu sua permanência na zona do euro com o novo acordo aprovado pela troica de credores internacionais. Ele disse ainda que não serão necessárias mais medidas "dolorosas" de austeridade.

Em um pronunciamento na rede nacional de televisão, Samaras disse que o acordo vai restaurar a credibilidade internacional da Grécia e preparar o caminho para o país voltar a crescer, inclusive com a criação de empregos.

"Nós estabelecemos as bases para que a dívida grega se torne novamente sustentável e para salvaguardar nosso futuro no euro", comentou o premiê. "Nós garantimos que não haverá mais medidas dolorosas sobre os salários, aposentadorias e benefícios. Pelo contrário, haverá um alívio nas injustiças sociais quando nós atingirmos as metas estabelecidas", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gréciatroicasamaras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.