Sami Karlik vence Ranking AE Analistas 2010

Entre as corretoras, a liderança ficou com a Raymond James, que apostou fortemente em ações de varejo 

28 de abril de 2011 | 23h00

O bom desempenho da economia brasileira em 2010 impulsionou as ações de empresas focadas no mercado doméstico e garantiu retornos bem acima do Ibovespa para quem apostou em papéis de varejo, serviços e logística. Esse cenário se refletiu no "Ranking Agência Estado de Analistas 2010", elaborado em parceria com o Insper - Instituto de Ensino e Pesquisa, com base em dados coletados pelo AE Taxas.

Com a participação de 114 profissionais e 18 instituições, o ranking premiou dez analistas e uma corretora, que proporcionaram os melhores retornos aos clientes a partir de suas recomendações. As carteiras que se destacaram foram formadas por ações de empresas focadas na economia local e, em muitos casos, por papéis com pouca visibilidade entre os investidores e baixa liquidez na bolsa, as chamadas small caps.

Esses analistas, no entanto, perceberam o potencial de crescimento de empresas como Tegma, Odontoprev e Fleury e enxergaram o bom momento para essas ações. A empresa de logística Tegma, por exemplo, teve valorização de 73,8% em 2010, contribuindo de forma significativa para o bom resultado de Sami Karlik, vencedor do Ranking AE 2010. Também foram destaques papéis de varejistas como Hering, que disparou com ganho de 183,15% no ano, e Lojas Renner, com alta de 47,83%.

No mesmo período, o índice Ibovespa valorizou 1,04%, porcentual superado por todos os profissionais avaliados no ranking, com média geral de 13,69%. Nas dez primeiras posições, a média de desempenho das recomendações foi de 38,47%, sendo que o primeiro colocado garantiu a seus clientes uma rentabilidade média de 48,19%.

Para 2011, a expectativa é de desaceleração no ritmo de crescimento do setor varejista, mas os profissionais acreditam que ainda há espaço para ganhos com essas ações. A instituição vencedora do prêmio Ranking AE Corretoras 2010, a Raymond James, tem como principais apostas para este ano as ações do Grupo Pão de Açúcar, Arezzo, Lojas Renner e Multiplus. A empresa de programas de fidelização controlada pela TAM já foi uma das apostas da Raymond James no Brasil durante o ano de 2010.

Karlik, analista vencedor do ranking, diz acreditar em um bom ano para as empresas que atuam no setor de portos, em razão do estímulo às importações pela valorização do real frente ao dólar. Isso porque as importações geram uma receita adicional de armazenagem de carga para as companhias. Para ele, a Santos Brasil é uma das empresas que tendem a se beneficiar desse cenário, apesar das pendências societárias da companhia. Também estão nas apostas dos dez analistas as ações de Hering, Renner, Localiza, Tegma, Ecorodovias, Cosan, Marcopolo, Iochpe-Maxion, Amil e Dasa.

A importância do prêmio foi destacada pelo diretor-geral da Agência Estado, Daniel Parke, durante premiação ocorrida ontem à noite. "Esse prêmio é o reconhecimento da grande responsabilidade que os analistas têm em ajudar nossa bolsa a crescer e tornar a renda variável cada vez mais significativa na poupança brasileira e, claro, ser uma fonte para as empresas buscarem capital para seu desenvolvimento."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.