Samsung revê transferência de fábrica para SP

A Samsung Electronics informou que está revendo a decisão de transferir a fábrica de celulares de Manaus para São Paulo. Em relatório enviado ao Financial Supervisory Service (FSS), entidade sul-coreana que regula as atividades bancárias, de seguros e o mercado de capitais, a terceira maior fabricante de celulares do mundo afirmou que uma decisão final ainda não havia sido definida. O documento foi uma resposta à solicitação da FSS para que a companhia esclarecesse seus planos de investimentos no Brasil.Um representante da Samsung disse que a companhia está revendo a medida, que teria um custo estimado em US$ 5 milhões e teria como objetivo incrementar a produção de celulares no País. Não foram divulgados maiores detalhes.Ontem, a companhia anunciou a instalação de uma nova fábrica em Campinas, no interior de São Paulo, para a fabricação de celulares, com início de produção previsto para janeiro. A planta de Manaus, de onde saem atualmente 1,6 milhão de monitores, 1,5 milhão de celulares e 1,2 milhão de unidades de HD por ano, serviria como base de produção dos equipamentos de informática.De acordo com os novos planos, a partir de 2005 a unidade também seria responsável pela produção de aparelhos de ar-condicionado, home theaters e geladeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.