Sanduíche monstro mais caro do mundo tem nove mil calorias

Americano de 27 anos encomendou lanche com 20 camadas e pagou o equivalente a R$ 88,50

15 de agosto de 2013 | 19h49

WASHINGTON - Um jovem criou o que ele diz ser o hambúrguer mais caro vendido em lanchonete. Ele batizou o lanche que encomendou em uma lanchonete em Washington de 'kraken', em homenagem a um monstro do folclore marítimo nórdico.

O sanduíche criado pelo americano Beau Chevassus, de 27 anos, tem 20 camadas, 9 mil calorias e custou US$ 38, o equivalente a R$ 88,50. Chevassus filmou a compra e gravou um elogio à equipe da rede de lanchonetes Jack in the Box.

No vídeo postado na internet ele avisa que ainda está comendo o lanche. "Fiz apenas por diversão e para conferir se eles poderiam atender o pedido", explicou, depois de se apresentar como profundo conhecedor do tema hambúrguer.

O sanduíche tem coberturas de carne de frango, frango picante, dois ovos fritos, presunto, salsicha, cebola, cebolas grelhadas, anéis de cebola e tudo o mais que se possa pedir para colocar entre duas fatias de pão em uma lanchonete.

Chevassus já havia criado em uma Starbucks uma bebida de US$ 47 no início deste ano. Agora ele está sendo estimulado por internautas a criar uma sobremesa realmente consistente como o sanduíche.

Tudo o que sabemos sobre:
alimentação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.