bolsa

E-Investidor: Itaúsa, Petrobras e Via Varejo são as ações queridinhas do brasileiro

Sanepar adia lançamento de ações em Nova York

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) desistiu ontem de captar recursos no mercado norte-americano com a oferta de ações preferenciais na Bolsa de Nova York. O evento vinha sendo preparado há algum tempo e contaria com a presença do governador do Paraná, Jaime Lerner (PFL), que viajou aos Estados Unidos terça-feira, com esse único objetivo. Em comunicado, a empresa informa que adiou também a oferta de ações preferenciais no Brasil (Oferta Global), "principalmente devido às condições de mercado que têm se deteriorado significativamente nas últimas duas semanas".Nesse período, as pesquisas apontaram um crescimento da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência da República, o que levou algumas instituições financeiras internacionais a recomendarem redução na exposição a títulos da dívida externa brasileira, em razão do aumento do risco país. Anteontem, a Petrobras e a Eletropaulo já tinham tomado a mesma decisão seguida pela Sanepar. A empresa paranaense afirma que poderá decidir pela Oferta Global posteriormente "quando as condições de mercado assim o permitirem".Em Nova York, a intenção da Sanepar era colocar à venda 100,8 milhões de ações preferenciais sob a forma de American Depositary Shares (ADS). A expectativa era de que os papéis fossem vendidos por cerca de R$ 33,00 o lote de dez ações, o que representaria um bom ágio sobre os R$ 26,00 praticados no Brasil. Ontem, a empresa tinha feito um workshop em Nova York para apresentar a empresa aos investidores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.