Free Images
Free Images

Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, tem maior efetivo de ovinos do Brasil

Segundo pesquisa do IBGE, município tem 448,635 mil cabeças, 2,5% do total nacional

Idiana Tomazelli, O Estado de S. Paulo

08 Outubro 2015 | 10h00

RIO - O município de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, liderou o ranking brasileiro de rebanho ovino em 2014. O efetivo chegou a 448,635 mil cabeças, 2,5% do total nacional, segundo dados da pesquisa Produção da Pecuária Municipal (PPM) referente ao ano passado. As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 8, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na sequência, os maiores rebanhos foram verificados em Casa Nova, na Bahia, com 292,666 mil cabeças, e em Alegrete, no Rio Grande do Sul, com 283,169 mil. Dos 20 municípios no topo da lista, 12 estão no Rio Grande do Sul, o maior estado produtor (24%).

Em todo o Brasil, o efetivo de ovinos (que inclui a criação de ovelhas, carneiros e borregos) chegou a 17,614 milhões de cabeças, alta de 1,9% sobre 2013. Apesar de o Rio Grande do Sul ter o maior efetivo estadual, a região Nordeste lidera, com 57,5% de participação, seguida por Sul (29,3%) Centro-Oeste (5,6%), Sudeste (4,0%) e Norte (3,6%). 

Do total de ovinos, 22,6% foram tosquiados em 2014, principalmente no Sul do país (98,0%), com maior representatividade no Rio Grande do Sul (88,7%). Comparativamente a 2013, houve queda de 1,8% no total de ovinos tosquiados. Já a produção de lã gerada pela tosquia em 2014 foi de 11,8 mil toneladas, queda de 1,6% em relação a 2013. 

Mais conteúdo sobre:
ovelhaagropecuáriaIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.