finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Santander acelera expansão do crédito no Brasil

Carteira cresceu 7,8%, acima do desempenho do segundo período do ano e o melhor trimestre na história do banco

Altamiro Silva Júnior, da Agência Estado,

27 de outubro de 2011 | 19h21

O Santander acelerou a expansão de crédito no terceiro trimestre. A carteira cresceu 7,8%, acima do desempenho do segundo período do ano, que ficou em 4,1%. "Foi o trimestre na história do banco com o maior crescimento do crédito", disse o presidente do banco no Brasil, Marcial Portela, durante entrevista à imprensa para comentar os resultados trimestrais do banco. A carteira ampliada teve expansão de 8% entre os meses de julho a setembro.

Um dos segmentos onde mais houve crescimento foi no financiamento ao consumo, com alta de 5,8% no terceiro trimestre, ante o período anterior. No segundo trimestre, a alta havia sido de apenas 0,7%.

"Nosso posicionamento no Brasil é de confiança forte na perspectiva de crescimento do País", disse o executivo, justificando a aceleração das operações de crédito. No passado, Portela destaca que o banco vinha crescendo menos que o sistema. Com isso, vinha sendo alvo de críticas dos analistas do setor financeiro.

"Temos um nível de capitalização privilegiado, na qual podemos continuar a crescer no crédito nos próximos meses", disse o presidente do Santander. "O capital hoje é um bem escasso, um bem difícil de obter."

A alta do dólar contribuiu para a expansão do crédito. Segundo Portela, as operações na moeda americana quando convertidas para o Real tem um aumento dos volumes. Essa contribuição, porém, foi limitada, segundo o executivo.

Para as taxas de inadimplência, o executivo disse que a tendência é de estabilidade ou até de queda do indicador. 

Tudo o que sabemos sobre:
SantanderbancoEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.