Santander Banespa é o melhor banco de varejo em 2003, aponta FGV

O Santander Banespa foi premiado hoje pela revista "Conjuntura Econômica", da Fundação Getúlio Vargas, como o melhor banco de varejo de 2003. A seleção dos melhores grupos financeiros do País foi feita para cinco diferentes segmentos: varejo, atacado e negócios, financiamento, "middle market" e bancos públicos.Além do Santander, foram premiados o Votorantim (atacado e negócios), o BMG (financiamento), o Fibra (middle market) e o Banco do Estado do Ceará (público). O ranking foi elaborado pela Divisão de Gestão de Dados do Ibre/FGV.O estudo levou em consideração indicadores de crescimento no mercado nacional e de desempenho econômico-financeiro. Os números foram extraído das demonstrações contábeis das instituições, mais especificamente do balanço patrimonial e das demonstrações dos resultados, relativas ao exercício de 2003.Maiores bancosA revista "Conjuntura Econômica" ainda premiou os maiores bancos de 2003. O Banco do Brasil foi destaque no item operações de crédito/depósitos totais/receita da intermediação/resultado operacional sem equivalência patrimonial; o Bradesco foi premiado pelo patrimônio líquido; e o Itaú, pelo lucro líquido. Segundo o estudo, as instituições financeiras de grande porte que mais cresceram no ano passado foram: Bradesco (ativo total), Banrisul (rentabilidade operacional), Votorantim (operações de crédito), Banespa (rentabilidade sobre o patrimônio), Itaú BBA (depósitos totais) e Votorantim (com menor custo operacional).Já os pequenos e médios bancos que mais cresceram em 2003 foram: De Lage Landen (ativo total), BNB Paribas (rentabilidade operacional), o BBM (operações de crédito), o Banerj (rentabilidade sobre o patrimônio), o Citibank (depósitos totais) e o Clássio (menor custo operacional).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.