Santander Banespa reduz taxas de juros de empréstimos

O Santander Banespa anunciou hoje novo corte nas taxas de juros, devido à redução da Selic, a taxa básica de juros da economia, decidida na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) na semana passada. Com essa redução, que vale a partir de 1º de novembro, os juros do cheque especial acumulam queda de 48,5% desde janeiro e os do crédito pessoal, de 34,03%. Segundo comunicado da instituição, a taxa mensal máxima do cheque especial passou de 8,40% para 8,35% e a mínima permanece em 3,40%. No crédito pessoal, a máxima caiu de 5,85% para 5,80%, enquanto a mínima desceu de 4% para 3,90%. Os juros mensais de antecipação do 13º salário (pessoas físicas), com vencimento em 22 de dezembro, baixaram de 3,47% para 3,17%.O Santander Banespa também diminuiu hoje as taxas mensais mínima e máxima da linha de empréstimo com desconto em folha de pagamento (crédito em consignação). A mínima de 2% ao mês caiu para 1,75% ao mês e a máxima, de 3,80% ao mês, para 3,30% ao mês para prazos de até 36 meses. Outra novidade é a redução do prazo mínimo do empréstimo, que passa de 12 para 6 meses. As novas taxas de juros para empréstimos em consignação ficam assim: de 6 a 36 meses de prazo, os juros variam de 1,75% a 3,30%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.