Santander destinará R$ 500 milhões para setor imobiliário

O banco Santander espera movimentar R$ 500 milhões em sua linha de crédito imobiliário até o final de 2004. Se confirmado, este valor será 42,85% acima da movimentação observada ao término de 2003, quando o banco registrou R$ 350 milhões em sua linha de crédito para o setor. Segundo o superintendente de Crédito Imobiliário do banco, José Manoel Alvarez Lopez, este aumento expressivo decorre principalmente do interesse do Santander em investir cada vez mais neste mercado.O executivo considerou que, em alguns países, o setor de crédito imobiliário é um dos instrumentos de impulsão ao crescimento da economia, o que não ocorre ainda no Brasil. "É uma das nossas estratégias de médio e longo prazo dar ênfase no setor de crédito imobiliário, pois acreditamos que o segmento vai crescer muito no Brasil, daqui por diante", disse.Um dos fatores apontados pelo executivo foi a possibilidade de queda na taxa básica de juros, a Selic. "Quando os juros começarem a cair, o que se paga (em financiamento) fica mais barato, o que estimula as pessoas a comprarem (imóveis)", disse. Ele considerou ainda que o banco acredita em uma trajetória de crescimento sustentável da economia, no futuro, o que deixaria o mercado de crédito imobiliário mais atraente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.