Santander deve vender 10% das ações do Banesto até fim do ano

O Santander Central Hispano (SCH) planeja levantar cerca de 600 milhões de euros (US$ 586,9 milhões), através da venda de 10% das ações de sua unidade na Espanha, Banesto, antes do final do ano, segundo informações do jornal britânico Financial Times. Os bancos estimam que a venda dessas ações do Banesto levantará um pouco menos da metade de dinheiro que o Santander planeja arrecadar este ano, para fortalecer sua base de capital, que vem sendo corroída como resultado do declínio no valor de seus ativos na América Latina, afirma o FT.O SCH contratou o Credit Suisse First Boston, como principal administrador da emissão. Contudo, os bancos acreditam que as condições pressionadas do mercado ainda podem levar o conselho do SCH a aguardar alé m de 2002. Uma decisão final do conselho deverá ser anunciada em duas semanas, afirmam os bancos. A oferta de ações do Banesto será a segunda oferta pública inicial (IPO na sigla em inglês) este ano na Espanha. O Banesto é o terceiro maior banco comercial da Espanha.O banco costumava ocupar o primeiro lugar, antes dos escândalos de fraude no início dos anos 90, que suscitou a intervenção do Banco Central espanhol e a subsequente venda do Banesto em leilão ao Santander, disse o jornal. As informações sã o da agência Dow Jones e do site do Financial Times.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.