Santander e Zurich fazem parceria; operação é avaliada em US$ 3,2 bi

Parceria estratégica potencializará o negócio de seguros em mercados como o Brasil, Chile, México, Argentina e Uruguai 

Agência Estado,

22 de fevereiro de 2011 | 07h58

O Grupo Santander e a seguradora Zurich Financial Services Group chegaram a um acordo para formar uma parceria estratégica que potencializará o negócio de seguros nos cinco mercados chave para o Grupo na América Latina: Brasil, Chile, México, Argentina e Uruguai.

A operação, que inclui as empresas de seguros da América Latina e os acordos de distribuição, foi avaliada em US$ 3,275 bilhões. A Zurich pagará ao Santander, na data de fechamento da operação, 51% do referido valor, US$ 1,670 bilhões. Além disso, o acordo inclui pagamentos diferidos em função do cumprimento do plano de negócio nos próximos 25 anos e de um esquema de proteção caso sejam produzidos cumprimentos inferiores ao mesmo.

Após esse acordo, o Santander reforçará sua oferta comercial de seguros de vida, previdências, crédito e gerais, por meio de sua rede de mais de 5.600 agências nesses cinco mercados. Com isso, prevê incrementar de forma significativa sua receita relativa à distribuição de produtos de seguro, que, em 2010, atingiu US$ 972 milhões.

Segundo comunicado do Santander, as unidades de seguros do banco nesses cinco mercados geraram prêmios de US$ 4,243 bilhões em apólices de vida e US$ 574 milhões em apólices de não vida em 2010, ao passo que as da Zurich aumentaram para US$ 670 milhões em vida e para US$ 1,376 bilhões em não vida.

Esta operação, sujeita às autorizações de vários órgãos reguladores, gera ao Grupo Santander, pelo conjunto das receitas detalhadas, acréscimos por quantia de 1,210 bilhões de dólares, que serão destinados ao reforço do saldo do Banco na Espanha.

"Com essa parceria, os clientes do Santander serão beneficiados por um catálogo de produtos de seguros bancários mais amplo e inovador, gerenciado por um líder global. O acordo permitirá a aceleração de nosso crescimento no segmento de seguros, combinando os pontos fortes de cada sócio", diz Javier Marín, diretor geral responsável pela divisão de Banco Privado Global, Gestão de Ativos e Seguros do Banco Santander Espanha, em comunicado.

O Santander criará uma holding para integrar a produção de seguros na América Latina. A Zurich adquirirá 51% do capital e ficará responsável pela gestão das empresas. O Santander manterá 49% do capital dessa holding e assinará um acordo de distribuição para a venda de produtos de seguro em cada país durante 25 anos. 

Tudo o que sabemos sobre:
santanderzurichacordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.