Santander espera que lucro se normalize em três anos

O banco espanhol Santander espera voltar aos níveis normais de resultado em três anos, depois que a crise econômica na Espanha e a deterioração dos ativos prejudicam o lucro desde o ano passado.

REUTERS

29 de setembro de 2011 | 08h27

"Nos próximos três anos, veremos uma normalização gradual do lucro do banco, com uma melhora da rentabilidade sobre recursos próprios de 3 a 6 pontos percentuais a médio prazo", disse nesta quinta-feira o conselheiro Alfredo Sáenz.

Sáenz disse na apresentação para investidores em Londres que essa recuperação da rentabilidade se assenta na normalização das provisões em mercados maduros.

No primeiro semestre de 2011, a rede do Santander registrou uma queda nos lucros de 28,4 por cento, para 500 milhões de euros, e a filial doméstica Banesto teve uma queda de 56,5 por cento, para 168 milhões de euros.

Diante da estagnação da economia na Espanha, o banco espera que o volume de crédito doméstico caia em uma média anual de 3 por cento até 2013, enquanto prevê um aumento anual de 5 por cento nos depósitos no mesmo período.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSSANTANDERLUCRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.