Santander venderá imóveis para financiar compra do ABN

Banco quer arrecadar cerca de US$ 5,3 bilhões com imóveis vendidos na Espanha

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 16h48

O banco Santander informou nesta quarta-feira, 13, que pretende vender imóveis na Espanha, incluindo sua sede social nos arredores de Madri, com o objetivo de arrecadar cerca de 4 bilhões de euros (US$ 5,3 bilhões) para ajudar a financiar sua participação na oferta de compra do ABN Amro . Uma autoridade do banco espanhol, que confirmou reportagem publicada pelo El País, disse que a instituição deve ter ganhos de capital no valor de 1,4 bilhão de euros. "Isso vai ajudar em uma parte do financiamento da participação do Santander na oferta pelo ABN Amro, mas, mesmo que o Santander não estivesse envolvido (na oferta), faríamos isso de qualquer jeito", afirmou. O plano prevê a venda de 44 grandes edifícios, deixando de fora apenas a sede histórica do banco em Santander. No final de maio, o banco disse que investiria 19,9 bilhões de euros caso vingue a oferta pelo ABN Amro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.