Sergio Neves/AE-24/9/2009
Sergio Neves/AE-24/9/2009

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Santander vira alvo no twitter

Banco tem dificuldade de adaptação no primeiro dia útil após a integração com o Real

Roberta Scrivano, O Estado de S.Paulo

18 de fevereiro de 2011 | 00h00

Os clientes do banco Santander que eram do Real estão enfrentando diversos problemas nas contas correntes desde segunda-feira - primeiro dia útil depois da integração do sistema dos dois bancos. As reclamações estão tomando as páginas do microblog Twitter. Várias delas vêm com a citação "vamos fazer nada juntos", como uma menção irônica à campanha publicitária anunciada na fusão dos dois bancos, cujo slogan era "vamos fazer juntos".

As reclamações são bastante diversificadas: falhas no internet banking (a mais citada), ligações derrubadas na central de atendimento, filas muito grandes e lentas nas agências, além de algumas alterações de serviços que não estão agradando aos clientes.

Um exemplo de mudança de serviço é a falta de possibilidade de tirar folhas de cheques avulsas nos caixas eletrônicos. No Real, essa alternativa era liberada aos clientes, dizem alguns twitteiros.

José Paiva Ferreira, vice-presidente executivo sênior de varejo do Santander, garante que até o fim da semana os "problemas pontuais" não vão mais ocorrer. "Foram 10 milhões de clientes migrados. Pela dimensão dessa migração, tivemos alguns problemas, mas já estão quase totalmente regularizados."

Segundo o banco, há uma "grande equipe" trabalhando apenas para responder e esclarecer as reclamações feitas pelos clientes no Twitter. Depois que o Estado procurou o banco para esclarecer os problemas, pelo menos 50 posts foram incluídos pelo Santander direcionados aos twitteiros.

Enquanto a equipe corre para tentar diminuir o número de reclamações, os internautas citam o processo ocorrido entre os dois bancos de "(con)fusão" e imploram por meio da hashtag #voltareal. "Mas quando é que o Banco Central vai dar uma fiscalizada nessa (CON)FUSÃO do Santander com o Real?", questiona um usuário.

Mudança. Ameaças de encerramento de conta e troca de banco também têm sido recorrentes. "Já dei um ultimato: se em seis meses não melhorar, vou pro Itaú", postou um usuário. As grandes filas nas agências, dizem os internautas, estão ocorrendo principalmente por causa da falta de habilidade dos funcionários com o novo sistema. "Estou no banco Real e mudaram para o Santander e a gerente está apanhando do novo sistema. Falta de treinamento até nas grandes empresas", conta um cliente no seu microblog.

A equipe online do banco responde às questões com uma mensagem padrão: "Lamentamos os transtornos. Nossos sistemas estão sendo regularizados. Qualquer problema envie um (e-mail) para redes.sociais@santander.com.br. Abs."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.