Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Santos tem a refeição mais cara do Brasil

É na cidade de Santos, no litoral paulista, que o brasileiro paga mais pela refeição fora de casa. O prato de comida, acompanhado de uma bebida e sobremesa, sai em média R$ 15,58, ou 30% acima do preço médio de uma refeição no Brasil (R$ 11,99), segundo dados de uma pesquisa divulgada hoje.Realizada pela Associação das Empresas de Refeição e Alimentação Convênio para o Trabalhador (Assert), em conjunto com o Instituto Indicator GfK, a pesquisa ouviu em março consumidores em 1.407 estabelecimentos em 18 regiões.Somente restaurantes que aceitam tíquete-alimentação foram considerados, já que a pesquisa teve o objetivo de oferecer um parâmetro para as empresas definirem o valor dos benefícios oferecidos aos funcionários. Ficou constatado que o valor médio do tíquete-refeição adotado pelas empresas é de R$ 6,50. A pesquisa englobou três categorias de restaurantes: por quilo/self-service, à la carte e executivos comerciais, que costumam vender pratos feitos por preços fixos.A refeição mais barata pode ser comprada em Fortaleza, no Ceará, por um preço médio de R$ 9,21, ou 23% abaixo da média nacional. A Grande São Paulo aparece na 13ª colocação no ranking das regiões pesquisadas. Uma refeição na metrópole paulista tem preço médio de R$ 10,68, 11% mais barata do que no resto do País.Por região do País, o Norte apresentou as refeições mais caras, com média de R$ 13,38. Segundo o presidente da Assert, Artur Almeida, isso ocorre por causa dos altos gastos para transportar os alimentos para uma região com poucas indústrias do setor. O Nordeste é a região mais barata para comer fora, com média de R$ 10,37 por refeição. A Assert estima que cerca de 6 milhões de brasileiros recebam tíquetes e vales-refeição para se alimentar de mais de 80 mil empresas credenciadas.

Agencia Estado,

07 de maio de 2003 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.