carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Santos terá estaleiro de US$ 1 bilhão, diz ministro

O Estado de São Paulo terá seu primeiro estaleiro de grande porte, voltado para a construção e manutenção de plataformas de petróleo, disse hoje o ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, no Rio de Janeiro. Segundo ele, a negociação está quase concluída e deverá ser anunciada em breve. O novo estaleiro receberá investimentos de US$ 1 bilhão e será construído "junto ao Porto de Santos".

KELLY LIMA, Agencia Estado

23 de outubro de 2009 | 17h51

Brito afirmou que o programa de dragagem, que recebeu investimentos de R$ 1,5 bilhão e deverá estar concluído em 2010 em 20 dos principais portos do país, permitirá novos empreendimentos como o do investimento neste estaleiro paulista.

Além de Santos, ele disse que também estão sendo negociados investimentos em novos estaleiros na Bahia, Ceará e Alagoas. Mas estes serão de menor porte, voltados principalmente para atender à demanda de construção de navios petroleiros para a Transpetro. O ministro não quis revelar o nome dos empreendedores, mas disse apenas que os investimentos em Maceió pertencem ao Synergy Group.

Brito estacou ainda que a nova regulamentação para a segurança de portos brasileiros, que deverá ser aprovada a partir de novembro, poderá atrair mais investimentos para o setor offshore e também de terminais privados no país. O ministro participou da assinatura de dois contratos com os vencedores dos processos licitatórios para a realização da dragagem nos portos do Rio de Janeiro e de Angra dos Reis.

O Programa Nacional de Dragagem investirá nos portos do Rio em torno de R$ 125 milhões, sendo R$ 122 milhões no Porto do Rio. Ele informou ainda que a dragagem do porto de Itaguaí já está em fase final do processo licitatório, que está sendo disputado por três empresas.

Tudo o que sabemos sobre:
estaleiroSantospetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.