Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

São Paulo é líder em comércio exterior

São Paulo continuou liderando no ano passado o ranking de comércio exterior dos municípios brasileiros, segundo números divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A cidade foi a maior exportadora em 2005, com vendas totais de US$ 5,604 bilhões. As importações também foram as mais elevadas entre os municípios brasileiros, chegando a US$ 5,404 bilhões. A corrente de comércio de São Paulo (soma das importações e exportações) totalizou US$ 11,009 bilhões, ante US$ 10,390 bilhões em 2004, quando o município também liderou o ranking. Municípios que mais atuaram no comércio exterior em 2005ExportadoresValores (US$ milhões)ImportadoresValores (US$ milhões)Superávit ComercialValores (US$ milhões)São Paulo5.604São Paulo5.404Duque de Caxias (RJ)3.554São José dos Campos (SP)4.947Manaus (AM)5.217São José dos Campos (SP)2.328Duque de Caxias (RJ)3.918Vitória (ES)2.626Santos (SP)2.096São Bernardo do Campo (SP)3.674São José dos Campos (SP)2.619São Bernardo do Campo (SP)1.893Rio de Janeiro3.021Rio de Janeiro2.446Paranaguá (PR)1.730Santos (SP)2.378Canoas (RS)2.303Parauapebas (PA)1.340Paranaguá (PR)2.121São Sebastião (SP)2.216Nova Lima (MG)1.321Manaus (AM)2.111Angra dos Reis (RJ)2.140Itabira (MG)1.318Itajaí (SC)2.088Jaguariúna (SP)1.843Itajaí (SC)1.308Camaçari (BA)1.967São Bernardo do Campo (SP)1.781Barcarena (PA)1.238O superávit comercial de 2005, no entanto, de apenas US$ 199,763 milhões, despencou para 67º lugar no ranking elaborado pelo Ministério. Em 2004, o saldo comercial de São Paulo havia sido de US$ 1,360 bilhão, o quinto na lista do governo. Um saldo tão pequeno em 2005 é explicado principalmente pelo aumento das importações, que haviam sido de US$ 4,515 bilhões em 2004. As exportações paulistanas, embora continuem sendo as mais elevadas entre os municípios brasileiros, tiveram queda de US$ 271 milhões em relação a 2004. Municípios que mais atuaram no Comércio Exterior em 2004ExportadoresValores (US$ milhões)ImportadoresValores (US$ milhões)Superávit ComercialValores (US$ milhões)São Paulo5.875São Paulo4.515Paranaguá (PR)2.015São José dos Campos (SP)4.724Manaus (AM)4.320Rio de Janeiro2.001Rio de Janeiro4.177São José dos Campos (SP)2.977São José dos Campos (SP)1.747São Bernardo do Campo (SP)2.789São Sebastião (SP)2.414São Bernardo do Campo (SP)1.414Paranaguá (PR)2.632Rio de Janeiro2.176São Paulo1.360Santos (SP)1.681Vitória (ES)2.115Santos (SP)1.356Vitória (ES)1.631Canoas (RS)1.737Barcarena (PA)1.104Camaçari (BA)1.566Camaçari (BA)1.427Itajaí (SC)992Itajaí (SC)1.423São Bernardo do Campo (SP)1.375Parauapebas (PA)929Curitiba (PR)1.313Jaguariúna (SP)1.350Itabira (MG)894Maior superávit comercialO maior superávit comercial registrado em 2005 foi o de Duque de Caxias (RJ), de US$ 3,554 bilhões. O município fluminense foi o terceiro maior exportador no ano passado, com vendas de US$ 3,918 bilhões, mas figura na lista do Ministério do Desenvolvimento como o 40º maior importador. Em 2005, importou apenas US$ 363,322 milhões, o que fez com que ocupasse a sétima posição em corrente de comércio. Em 2004, Duque de Caxias estava bem abaixo da lista e não figurava nem entre os dez municípios com melhor desempenho no comércio exterior.São José dos Campos (SP) se manteve como o segundo maior município exportador e subiu de terceiro para segundo lugar no ranking dos maiores superávits comerciais. As vendas externas do município somaram US$ 4,947 bilhões em 2005 e o saldo comercial foi de US$ 2,328 bilhões. As importações, ficaram em quarto lugar, com US$ 2,619 bilhões.Maior importadorManaus foi o segundo maior importador em 2005, somando US$ 5,217 bilhões e Vitória ficou em terceiro lugar com US$ 2,626 bilhões. Os números de mais de 2,2 mil municípios foram divulgados no site do Ministério do Desenvolvimento. O detalhamento por produtos só deve ser divulgado em março.

Agencia Estado,

31 de janeiro de 2006 | 14h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.