São Paulo perde participação, mas ainda tem 11,8% do PIB nacional

O município de São Paulo manteve a liderança no ranking de geração de riqueza no País em 2010. Apenas o território paulistano foi responsável por uma fatia de 11,8% do PIB brasileiro naquele ano, de acordo com a pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios 2010 divulgada pelo IBGE. Mas houve perda de participação em relação a 2009, de 0,3%.

O Estado de S.Paulo

13 de dezembro de 2012 | 02h07

Os seis primeiros municípios na lista de maiores geradores de renda concentraram aproximadamente 25% do PIB em 2010. Além de São Paulo, Rio de Janeiro foi responsável por 5% do PIB; Brasília, 4%; Curitiba, 1,4%, Belo Horizonte, 1,4%; e Manaus, 1,3%.

Outros 11 municípios geraram, juntos, mais 8,6% da renda do País em 2010. São eles: Guarulhos (1%), Campinas (1%), Osasco (1%), São Bernardo do Campo (0,9%), Betim (0,8%), Barueri (0,7%), Santos (0,7%), Duque de Caxias (0,7%), Campos dos Goytacazes (0,7%), São José dos Campos (0,6%) e Jundiaí (0,5%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.