Marcelo Camargo/ Agência Brasil
Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Saque emergencial de até R$ 1 mil do FGTS: veja como e quando receber

Governo anunciou na última quinta-feira. 17, que valores serão liberados a partir de 20 de abril

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de março de 2022 | 13h12
Atualizado 18 de março de 2022 | 12h22

O governo anunciou na quinta-feira, 17, que vai permitir uma nova rodada de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no valor de R$ 1 mil para cada trabalhador este ano, entre 20 de abril e 15 de dezembro. 

A Caixa Econômica Federal divulgou o calendário das retiradas dos valores, seguindo o mês de aniversário, de maneira escalonada. Nas estimativas do governo, a ação pode alcançar 40 milhões de trabalhadores e injetar até R$ 30 bilhões na economia em 2022. 

Como será feito o saque do FGTS?

O crédito dos valores será realizado por meio de conta poupança social digital, o Caixa Tem. A movimentação do valor do saque emergencial poderá, inicialmente, ser realizada por meio digital, com o mesmo app, sem custo. Para o trabalhador que ainda não tiver conta no aplicativo, o banco irá abrir automaticamente, "em nome do trabalhador", como informou a Caixa Econômica Federal, por meio de nota, ao Estadão

Após o crédito dos valores na conta poupança social digital, já será possível pagar boletos e contas ou utilizar o cartão de débito virtual e QR code para fazer compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos, por meio do aplicativo. 

Este processo, porém, é facultativo ao trabalhador. Se ele não tiver interesse, é só não efetuar nenhuma transação. Neste caso, o dinheiro voltará de forma automática para as contas do fundo.

Qual o calendário do saque do FGTS?

  • Nascidos em janeiro recebem em 20/04
  • Nascidos em fevereiro  recebem em 30/04
  • Nascidos em março recebem em 04/05
  • Nascidos em abril recebem em 11/05
  • Nascidos em maio recebem em 14/05
  • Nascidos em junho recebem em 18/05
  • Nascidos em julho recebem em 21/05
  • Nascidos em agosto recebem em 25/05
  • Nascidos em setembro recebem em 28/05
  • Nascidos em outubro recebem em 01/06
  • Nascidos em novembro recebem em 08/06
  • Nascidos em dezembro recebem em 15/06

Como consultar o saldo do FGTS?

Para conseguir consultar o saldo do FGTS, o trabalhador precisa fazer um cadastro com as informações pessoais e também informar o Número de Inscrição Social (NIS), que pode ser obtido nos extratos do FGTS, carteira de trabalho ou cartão do cidadão. Em seguida, é preciso criar uma senha numérica de 6 dígitos. 

É possível ter acesso ao extrato completo do FGTS por meio do site e do aplicativo da Caixa Econômica Federal, disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. 

Quem pode sacar o FGTS?

  • Saque Rescisão – é a sistemática na qual o trabalhador, quando demitido sem justa causa, tem o direito ao saque integral de sua conta FGTS, incluindo a multa rescisória;
  • Saque-Aniversário – permite a retirada de uma parte do saldo da conta do FGTS, anualmente, no mês de aniversário. No caso de rescisão de contrato sem justa causa o trabalhador poderá sacar o valor referente à multa rescisória;
  • Necessidade pessoal, urgente e grave decorrente de desastre natural - Nessa modalidade, é preciso que o governo tenha reconhecido o evento adverso para que o trabalhador consiga sacar o seu saldo;
  • Aquisição de moradia própria;
  • Aposentadoria;
  • Morte do trabalhador;
  • Idosos maiores de 70 anos;
  • Pessoas com HIV;
  • Neoplasia maligna (câncer);
  • Estágio terminal por doença grave;
  • Trabalhador que ficou fora do regime do FGTS por 3 anos consecutivos 

Veja aqui as situações e os documentos necessários para sacar o FGTS.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.