carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Sarkozy ameaça vetar acordo com países emergentes

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, ataca as posições de Brasil, Índia e China nas negociações comerciais e avisa que Paris vetará um acordo se não receber algo em troca na Organização Mundial do Comércio (OMC) ou se os interesses da França não forem atendidos.Demonstrando que não aceitará qualquer acordo, Sarkozy fala até mesmo em recolocar temas já rejeitados na OMC há anos e repensar o mandato da entidade. Para completar, o comissário de Comércio da Europa, Peter Mandelson, ainda criticou ontem os países emergentes por estarem bloqueando a abertura de seus mercados de bens industriais.O tiroteio ocorre em um momento de crise na OMC, que precisa concluir um acordo até o próximo mês. "Grandes países emergentes querem ter os mesmos direitos das grandes nações. Mas devem também aceitar os mesmos deveres", afirmou Sarkozy. "Eu disse a alguns de nossos grandes parceiros, como Índia, Brasil, China e Argentina, que a Europa não terá uma postura inocente." As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

AE, Agencia Estado

12 de setembro de 2007 | 09h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.