Sarkozy e Merkel pedem solução global para crise

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, e a chanceler alemã, Angela Merkel, disseram hoje que a "crise financeira global precisa de uma resposta global". Merkel e Sarkozy falaram com jornalistas antes de uma reunião em Paris para a discussão da crise global. O encontro reúne hoje os líderes dos membros europeus do grupo dos oito países mais industrializados do mundo, além do presidente do Eurogroup (grupo de países que utilizam o euro como moeda), Jean-Claude Juncker, e o presidente da Comissão Européia, José Manuel Barroso. "É uma crise global que requer uma resposta global. No mundo de hoje, a Europa deve mostrar que está disposta a encontrar uma solução. Isso deixará todos mais tranqüilos", disse Sarkozy. Segundo Merkel, todos os países devem assumir responsabilidades na solução da crise. Ela acrescentou que "aqueles que causaram o estrago terão que contribuir para o esforço global". "Vamos nos certificar de que uma crise desse tipo não aconteça novamente no futuro", disse ela. As informações são da Dow Jones.

AE, Agencia Estado

04 Outubro 2008 | 13h28

Mais conteúdo sobre:
Europa reunião crise

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.